PROCURANDO POR ALGO?

quinta-feira, 7 de junho de 2018

Quais os Alimentos Anti-inflamatórios? Quais doenças eles curam?

Saiba mais sobre a relação entre alimentação e inflamações. Veja também o que comer para combater diabetes, doenças do coração e outros problemas. Com este artigo você vai saber mais sobre os processos inflamatórios causadores de várias doenças e quais alimentos podem combater esse tipo de problema. Leia e informe-se. 
As frutas cítricas têm ação anti-inflamatória
POR RECEITA NATURAL - 
Pesquisas científicas recentes vêm revelando que as inflamações estão relacionadas à maior parte das doenças. Recentemente, pesquisadores do Centro Médico da Universidade de Colúmbia, nos Estados Unidos, concluíram que o diabetes do tipo 1 desencadeia uma reação inflamatória no organismo que leva ao entupimento das artérias.
Segundo esse estudo, a elevação nos níveis da glicose sanguínea estimula a produção de calcoprotectina, uma proteína que causa uma inflamação, fazendo com que placas de gorduras se depositem nas artérias. Com isso, os médico descobriram não só que o diabetes e as doenças cardiovasculares estavam relacionadas (algo que já era conhecido), mas também que elas eram causadas por um processo inflamatório.

O que é inflamação?

A inflamação é um processo de defesa do próprio organismo. Na verdade, o processo inflamatório significa que as células do sistema imune estão agindo para controlar algum problema. Quando cortamos a pele, por exemplo, é desencadeado um processo inflamatório que tenta recuperar as células perdidas e impedir que os microrganismos externos ataquem o corpo naquele local da lesão.
Os vasos sanguíneos próximos à região cortada se dilatam, possibilitando que o plasma saia pelas suas paredes. Assim, as células do sangue começam a se coagular, impedindo a perda sanguínea. Além disso, os leucócitos (células de defesa) também são “colocados em jogo” para atuar no combate a bactérias. Dessa forma, o tecido lesionado pode ser restaurado por meio de uma “inflamação”.
Isso quer dizer que o processo inflamatório tem um caráter benéfico, mas pode se tornar prejudicial quando tem duração mais longa, ou seja, quando se torna um problema crônico.
Nesses casos, a reação do organismo acaba por deteriorar o próprio organismo, trazendo vários prejuízos para a saúde do indivíduo. Na inflamação crônica, nossas células de defesa são acionadas constantemente para controlar uma suposta ameaça, que na verdade não existe.
Elas liberam grandes quantidades de citocina, uma proteína que tenta liquidar o invasor, mas podem afetar as funções do corpo humano. Dizemos que a situação se tornou crônica quando essas reações químicas de defesa são constantes, causando doenças como o diabetes, os problemas cardíacos, o câncer e outros distúrbios.

Inflamação e Alimentação

A principal pergunta feita pelos especialistas é: por que nosso organismo resolve combater uma ameaça inexistente?
LEIA MAIS EM...

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK