PROCURANDO POR ALGO?

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

O PREÇO DA ARROGÂNCIA



Eu estou certo! Assim Juvenal começou o seu diálogo com Francine, sua namorada. Juvenal ansioso e ainda inexperiente acreditava que sempre estava certo mesmo quando os seus amigos lhe diziam que ele estava completamente errado. Mas, Francine o amava muito e relevava a arrogância de seu namorado. Diego um amigo próximo do casal tentou conversar com Juvenal pedindo para que ele mudasse, que ouvisse mais as pessoas, mas Juvenal acreditava sempre estar certo. Como tudo na vida tem limites, o de Francine também teve e Juvenal depois de perder sua namorada ainda acreditava estar sempre certo, mesmo estando errado. Os dias passaram os anos passaram e Juvenal quando se deu conta de que havia errado já era tarde demais, porém ainda não era tarde para ele começar a construir um novo início. As vezes mesmo ele estando certo e convicto de que os seus atos estavam certos, Juvenal aprendeu que para ser feliz é preciso saber a ouvir, saber estar errado mesmo pensando em estar certo, ou seja, é melhor ser feliz do querer ser o dono da verdade. Do que vale a pena estar certo e viver na solidão? (Fernando Lapolli) OBS: Imagem capturada na internet.

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
AVISO IMPORTANTE!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. EMAIL: josenidelima@bol.com.br FAVOR INFORMAR O LINK