PROCURANDO POR ALGO?

sábado, 18 de maio de 2013

Réu Confesso

O seguinte texto do site Recanto das Letras foi enviado para você por GalBraga 

Clique no link abaixo para acessar o texto:

Réu Confesso
http://www.recantodasletras.com.br/poesiasdeamor/1175095

O coração não deixa de ser um \"campo minado\", tem que se ter muito cuidado com ele.
Beijos na alma.


Réu Confesso

Sem a menor compaixão,
cometi ato impensado.
Entrei, sem ler o aviso:
"Coração, campo minado"!

Devastei as ilusões,
destrui recordações
ludibriei sentimentos.
E nessa minha insanidade
só sei que atráz deixei
o coração em tormento.

Réu confesso, aqui estou,
de volta à minha razão
e tendo como sentença:
A eterna solidão!

Gal Braga (
sh@nti)
07/09/2008  .

Contato da autora- gfshanti1@gmail.com
gal braga
Enviado por gal braga em 12/09/2008
Reeditado em 16/05/2011
Código do texto: T1175095


Recanto das Letras
http://www.recantodasletras.com.br


...................................
RECEBI POR E-MAIL

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK