PROCURANDO POR ALGO?

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Evangelho do dia


Quarta-feira, 13 de Novembro de 2013.
Santo do dia: Santa Agostinha Pietrantoni, virgem
Cor litúrgica: verde
Evangelho do dia: São Lucas 17, 11-19
Primeira leitura: Sabedoria 6, 1-11
Leitura do livro da Sabedoria:

1Escutai, ó reis, e compreendei. Instrui-vos, governadores dos confins da terra! 2Prestai atenção, vós que dominais as multidões e vos orgulhais do número de vossos súditos. 3Pois o poder vos foi dado pelo Senhor e a soberania, pelo Altíssimo. É ele quem examinará as vossas obras e sondará as vossas intenções; 4apesar de estardes ao serviço do seu reino, não julgastes com retidão, nem observastes a Lei, nem procedestes conforme a vontade de Deus. 5Por isso, ele cairá de repente sobre vós, de modo terrível, porque um julgamento implacável será feito sobre os poderosos. 6O pequeno pode ser perdoado por misericórdia, mas os poderosos serão examinados com poder. 7O Senhor de todos não recuará diante de ninguém nem se deixará impressionar pela grandeza, porque o pequeno e o grande, foi ele quem os fez, e a sua providência é a mesma para com todos; 8mas para os poderosos, o julgamento será severo. 9A vós, pois, governantes, dirigem-se as minhas palavras, para que aprendais a Sabedoria e não venhais a tropeçar. 10Os que observam fielmente as coisas santas serão justificados; e os que as aprenderem vão encontrar sua defesa.11Portanto, desejai ardentemente minhas palavras, amai-as e sereis instruídos.

- Palavra do Senhor
- Graças a Deus
Salmo 81 (82)

- Fazei justiça aos indefesos e aos órfãos, ao pobre e ao humilde absolvei! Libertai o oprimido, o infeliz, da mão dos opressores arrancai-os!

R: Levantai-vos, ó Senhor, julgai a terra!

- Eu disse: 'Ó juízes, vós sois deuses, sois filhos todos vós do Deus Altíssimo! E, contudo, como homens morrereis, caireis como qualquer dos poderosos!'

R: Levantai-vos, ó Senhor, julgai a terra!
Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 17, 11-19
- Aleluia, Aleluia, Aleluia!
- Em tudo dai graças, pois esta é a vontade de Deus para convosco, em Cristo, o Senhor (1Ts 5, 18)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas:

11Aconteceu que, caminhando para Jerusalém, Jesus passava entre a Samaria e a Galiléia.12Quando estava para entrar num povoado, dez leprosos vieram ao seu encontro. Pararam à distância, 13e gritaram: 'Jesus, Mestre, tem compaixão de nós!' 14Ao vê-los, Jesus disse: 'Ide apresentar-vos aos sacerdotes.' Enquanto caminhavam, aconteceu que ficaram curados. 15Um deles, ao perceber que estava curado, voltou glorificando a Deus em alta voz; 16atirou-se aos pés de Jesus, com o rosto por terra, e lhe agradeceu. E este era um samaritano. 17Então Jesus lhe perguntou: 'Não foram dez os curados? E os outro nove, onde estão? 18Não houve quem voltasse para dar glória a Deus, a não ser este estrangeiro?' 19E disse-lhe: 'Levanta-te e vai! Tua fé te salvou.'

- Palavra da Salvação.
- Glória a Vós, Senhor
Comentário do dia: São Basílio c. 330-379)
Monge, Bispo de Cesareia na Capadócia, Doutor da Igreja
Regras Monásticas, Regras Maiores, § 2
«Onde estão os outros nove?»
Depois de termos ofendido o nosso benfeitor mostrando indiferença pelos sinais da sua benevolência, não fomos contudo abandonados pela bondade do Senhor nem cerceados do seu amor; antes fomos subtraídos à morte e devolvidos à vida por Nosso Senhor Jesus Cristo. E a maneira como fomos salvos é digna de uma admiração maior ainda. «Ele, que é de condição divina, não considerou como uma usurpação ser igual a Deus; no entanto, esvaziou-Se a Si mesmo, tomando a condição de servo» (Fil 2,6-7).

Ele tomou para Si as nossas fragilidades, carregou as nossas dores, morreu por nós a fim de, com suas chagas, nos salvar; resgatou-nos da maldição ao fazer-Se maldição por nós (Is 53, 4-5; Gal 3,13); sofreu a mais infamante das mortes para nos conduzir à vida da glória. E não Lhe bastou devolver à vida os que estavam na morte: revestiu-os da dignidade divina e preparou-lhes no repouso eterno uma felicidade que ultrapassa toda a imaginação humana.

Como retribuiremos pois ao Senhor tudo o que Ele nos deu? Ele é tão bom, que nada pede em compensação por suas graças; contenta-Se em ser amado.
Copyright© Arautos do Evangelho 2011. Todos os direitos reservados.
Divulgação autorizada, citando a fonte.

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
AVISO IMPORTANTE!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. EMAIL: josenidelima@bol.com.br FAVOR INFORMAR O LINK