PROCURANDO POR ALGO?

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Suspeitos de roubar postos presos

CÂMERAS DE SEGURANÇA

Suspeitos de roubar postos presos

16.05.2014

Após um dos assaltos, o bando foi até o Fórum de Maracanaú, pois dois deles estavam em liberdade condicional

presos
Quarteto foi preso após fugir de abordagem do Raio. Os quatro estavam em um Chevrolet Cobalt roubado e de placas clonadas
FOTO: REPRODUÇÃO
natanael
Natanael Matos, 22, responde por roubo, receptação, associação e porte de arma
FOTOS: REPRODUÇÃO
kevin
Kevin Anderson Ferreira de Oliveira, 21, já foi preso por assalto, homicídio e adulteração de veículo
micael
Já Misael de Paula Moreira, 22, outro integrante do bando, também é investigado por vários crimes
igor
Igor Gomes Marques, de apenas 18 anos, responde na Justiça por crimes como roubo e porte de arma
delegado
Titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), delegado Raphael Vilarinho, destacou que mais vítimas devem identificar os assaltantes
FOTO: BRUNO GOMES
Quatro homens presos por policiais militares do Batalhão de Ronda de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio) foram identificados como membros de uma quadrilha especializada em assaltos a postos de combustíveis em Fortaleza. Eles foram identificados por vídeo de câmeras de segurança, logo após serem presos.
O quarteto é considerado de alta periculosidade pela Polícia. Todos os quatro respondem por diversos crimes, como assalto, tráfico de drogas e homicídio. Dois dos homens estavam sob liberdade condicional.
A última ação criminosa do grupo foi realizada na quarta-feira da semana passada, dia 7 de maio. O quarteto atacou um estabelecimento localizado na Rua Visconde do Rio Branco, no bairro São João do Tauape. Na ocasião, funcionários do estabelecimento chegaram a ser trancados pelos bandidos em uma sala enquanto eles praticavam o roubo.
Um dos vídeos mostra o bando invadindo a administração e roubando o dinheiro que estava em uma gaveta. Em outra gravação, a quadrilha leva objetos pessoais de clientes.
 
Fórum
Após o assalto, a quadrilha foi até o Fórum da cidade de Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Dois deles, Kevin Anderson Ferreira de Oliveira, 21 e Natanael Matos Marreiros, 22, estavam sob liberdade condicional e tinham de se apresentar à Justiça.
Após cumprirem com a obrigação, se encaminharam ao bairro Bom Jardim, quando foram abordados pelos policiais do Raio. Ao perceberem a aproximação dos militares, tentaram empreender fuga, e foram interceptados pelos PMs.
Os policiais, então, perceberam que o veículo em que os quatro estavam, um Cobalt, era roubado e a placa era clonada. O grupo foi preso na Rua Benjamim Silva, na comunidade do Marrocos, no Grande Bom Jardim. Além de Kevin e Natanael, estavam no veículo Misael de Paula Moreira, 22, que responde por roubo, homicídio, receptação, associação criminosa, adulteração de veículo automotor, porte ilegal de arma de fogo, dentre outros crimes; e Igor Gomes Marques, 18, que responde por roubo, associação criminosa, adulteração de veículo, porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.
Kevin responde por roubo, homicídio, receptação, associação criminosa, adulteração de veículo e porte ilegal de arma. Já Natanael, responde por roubo, receptação, associação criminosa, adulteração de veículo e porte ilegal de arma. Horas depois da prisão do grupo, chegou à Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) o vídeo com a ação do quarteto no posto de combustíveis. Os quatro homens puderam ser identificados por ainda estarem usando as mesmas roupas do assalto e pelo carro, que era o mesmo em que haviam sido capturados no Bom Jardim.
Ousadia
De acordo com o titular da DRF, delegado Raphael Vilarinho, "o que mais impressiona é a ousadia deles, pois, logo após o assalto, que ocorreu por volta das 13h, Natanael e Kevin foram apresentar-se à Justiça, no Fórum, acompanhados do restante da quadrilha, dentro do carro roubado e clonado", destacou Vilarinho.
As investigações da Polícia apontam os presos como responsáveis por crimes semelhantes praticados, frequentemente, nos bairros Siqueira, Bom Jardim e adjacências. Segundo o delegado, com os envolvidos presos, outras vítimas devem comparecer à Delegacia com o intuito de reconhecê-los. As investigações, explica o titular da DRF, seguem a fim de descobrir a participação de outras pessoas nas atividades da quadrilha.
Levi de Freitas
Repórter

FONTE: DIÁRIO DO NODESTE

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK