PROCURANDO POR ALGO?

quinta-feira, 3 de julho de 2014

Mínimo que é o máximo

QUARTAS DE FINAL

Mínimo que é o máximo

03.07.2014

No desembarque da Seleção em Fortaleza, o segundo nesta Copa, estar perto já foi o bastante para muitos


selecao
Por onde o ônibus passava com a delegação brasileira, após a chegada ontem a Fortaleza, centenas de torcedores se espremiam em busca de algum tipo de contato ou atenção dos atletas do Brasil
FOTO: KLEBER A. GONÇALVES
aa
Após ficar de fora do confronto diante do Chile, por opção de Felipão, Paulinho volta à equipe na vaga de Luiz Gustavo, suspenso do jogo de amanhã
FOTO: REUTERS
ney
Em entrevista coletiva, o camisa 10 da Seleção garantiu que estará 100% nesta sexta-feira
FOTO: REUTERS
Centenas de torcedores tomaram a Avenida Presidente Castelo Branco, na noite de ontem, na tentativa de ver, mesmo que brevemente, algum dos atletas da Seleção. Enquanto poucos tiveram o privilégio de se hospedar no mesmo hotel em que os jogadores ficarão nos próximos dois dias, o Marina Park, a maioria disputava espaço do lado de fora na tentativa de acenar para Neymar e companhia.
"Não consegui ingressos para o jogo contra a Colômbia, então, resolvi me hospedar com minha esposa e minha filha no Marina. Infelizmente, só conseguimos duas diárias e já vamos voltar para a nossa cidade amanhã (hoje)", disse o vendedor André Paiva, 33, que é natural de Sobral.
Assim como Paiva, muitos torcedores estão hospedados no Marina Park na tentativa de cruzar com algum jogador brasileiro pelos corredores do hotel. "Esta é uma oportunidade única e a gente fez questão de fazer parte. Infelizmente, gostaríamos de estar no Castelão na sexta-feira, mas não deu", lamentou Paiva.
 
 
Em meio aos brasileiros, o japonês Takeshita Kenichi espremia-se na tentativa de registrar um momento que, segundo ele, é um dos mais importantes da sua vida. "Sou louco por futebol! Já estive nas Copas do Japão, Alemanha, África do Sul e agora estou aqui. Já viajei por várias cidades brasileiras, mas esta será a primeira sede em que poderei acompanhar um jogo do Brasil", comentou, com satisfação.
Euforia
Com a aproximação do helicóptero que auxiliava na segurança da delegação, os torcedores entusiasmaram-se em meio a gritos direcionados aos astros da Seleção. Com a passagem da delegação verde e amarelo, quem estava do lado de fora do hotel subiu na grade de proteção gritando os nomes dos jogadores, na expectativa de receberem um aceno, por mais breve que fosse. No entanto, nada mais pôde ser visto além do ônibus e do batalhão de policiais que o acompanhavam.
Base Aérea
Mais cedo, no desembarque da Seleção Brasileira na Base Aérea de Fortaleza a torcida cearense se fez presente em peso.
Fã de Neymar, Brenda Silva, estava com uma carta de 145 folhas nas mãos, na esperança de entregá-la ao ídolo. "Desde 2011 escrevo essa carta. Sou fã do Neymar, pois ele joga muito bem e é muito simpático", afirmou a jovem.
Seleção faz último treinamento no PV
A Seleção Brasileira não fará novo treino de reconhecimento do gramado do Castelão antes do jogo decisivo contra a Colômbia. Por determinação da Fifa e do Comitê Organizador Local da Copa (COL), que pretende poupar o campo do jogo desta sexta-feira, a equipe nacional fará a atividade programada para as 16h15 desta quinta-feira no Estádio Presidente Vargas.
Antes, a partir das 15h30, o técnico Luiz Felipe Scolari e o zagueiro e capitão Thiago Silva concedem entrevista coletiva na Arena Castelão.
Esta será apenas a terceira oportunidade em que uma seleção da Copa fará treino no PV. Antes, só a Holanda fez duas atividades por lá antes do jogo ante o México. Na primeira fase, por ocasião do jogo contra os mexicanos, a Seleção não treinou no estádio do Benfica.

Paulinho volta ao time na vaga de Luiz Gustavo
Com o grupo completo, incluindo o atacante Neymar, já recuperado das pancadas sofridas diante do Chile, a Seleção Brasileira fez, na manhã de ontem, o último treinamento antes da viagem para Fortaleza, local do confronto com a Colômbia, amanhã, pelas quartas de final da Copa do Mundo. E o técnico Luiz Scolari indicou que o volante Paulinho deverá mesmo ser o substituto de Luiz Gustavo, suspenso da partida no Castelão.
Essa deverá ser a única mudança da seleção para o duelo com a Colômbia. Mas, antes do início do treinamento tático, Felipão tentou despistar a escalação ao mandar a campo uma formação titular diferente da usual durante o aquecimento, sem a presença de um centroavante fixo, com Fred sendo substituído pelo meia Willian, e volantes diferentes dos habituais: Ramires e Hernanes
Era só mesmo para despistar, ou uma brincadeira. Afinal, em seguida, Felipão trocou os coletes azuis pelos vermelhos, para iniciar um trabalho tático, em campo reduzido, na Granja Comary, em Teresópolis/RJ. Aí, a única novidade foi mesmo a entrada do volante Paulinho na vaga de Luiz Gustavo. E o atacante Fred seguiu entre os titulares.
Assim, o time titular, na atividade de ontem, jogou com Julio Cesar; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Fernandinho, Paulinho e Oscar; Hulk, Fred e Neymar. A não ser que haja imprevisto, essa deverá ser a escalação do Brasil para o duelo com a Colômbia, que definirá um dos semifinalistas da Copa.
Testes
Na segunda parte do treino, Felipão fez alguns testes na equipe titular. Trocou Daniel Alves por Maicon e o atacante Fred pelo zagueiro Henrique - assim, mudou para o esquema 3-5-2. Além disso, substituiu o atacante Hulk pelo volante Ramires. Já o lateral-esquerdo Marcelo deixou a atividade antes do fim.
A atividade na Granja Comary, ontem, foi a única da seleção, desde o jogo com o Chile, que contou com a participação de todos os titulares. Agora, o Brasil, volta a treinar somente em Fortaleza, nesta quinta, já na véspera do duelo com a Colômbia.
Neymar: "Dar show é secundário"
Neymar garantiu ontem que está sem dores na coxa esquerda e no joelho direito e que estará 100% no jogo de sexta-feira ante a Colômbia, em Fortaleza.
Sempre sorridente nas entrevistas que concede, e normalmente calmo, desta vez ele se exaltou um pouco quando um jornalista disse que não via alegria nesta Seleção Brasileira.
"Alegria sempre teve, você que não está em campo jogando, por isso você não sabe. Às vezes não é só festa, 5 a 0, 4 a 0. O futebol está muito igualado. Não quero dar show ou fazer espetáculo, estamos aqui pra vencer a Copa e não para fazer todo mundo rir", disse ele.
Ele admitiu que, pela primeira vez, fez um trabalho com a psicóloga Regina Brandão, profissional que visitou os atletas em Teresópolis na terça-feira para conversar com eles sobre a instabilidade emocional que o próprio treinador admitiu ter identificado em parte do elenco. "Estou gostando desse trabalho com psicóloga, nunca tinha feito e acho que não é só para o futebol, para disputar uma Copa do Mundo. Vocês mesmo deveriam fazer [se direcionando aos jornalistas]", disse.


FONTE:
http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/jogada/minimo-que-e-o-maximo-1.1050611

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK