PROCURANDO POR ALGO?

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Campanha contra assédio em ônibus deve ser criada

No Brasil, 99,6% das mulheres já sofreram assédio sexual, sendo 64% em ônibus 
POR DIÁRIO DO NORDESTE
( Foto: Natinho Rodrigues )
O assédio sexual praticado em espaços públicos, como os ônibus, tem se tornado cada vez mais grave. De acordo com uma pesquisa realizada pelo DataFolha em setembro de 2016, 74% da população de Fortaleza usa o transporte coletivo como meio de transporte. Deste número, a maioria são mulheres. No Brasil, 99,6% das mulheres já sofreram assédio sexual, sendo 64% no transporte coletivo, segundo a organização ThinkOlga.

Com o objetivo de discutir o problema, foi realizada ontem audiência pública promovida pelos vereadores Acrísio Sena, Larissa Gaspar e Eliana Gomes para programar ações permanentes de enfrentamento ao assédio sexual nos transportes coletivos de Fortaleza. O fórum resultou em diversas propostas que serão estabelecidas na próxima semana, de acordo com o presidente do Sindiônibus, Dimas Barreira

A reunião ainda contou com representantes de órgãos como Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) e Secretaria de Segurança Pública (SSPDS). Segundo a vereadora Larissa, o fórum tem como objetivo criar propostas para erradicar a cultura do machismo já enraizada na sociedade. "Devemos construir uma cultura de respeito. Não é algo que se faz do dia pra noite, é preciso de muito investimento em campanhas educativas e isso tem que ser permanente, a Prefeitura tem que assumir isso como um compromisso".

LEIA MAIS...

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
AVISO IMPORTANTE!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. EMAIL: josenidelima@bol.com.br FAVOR INFORMAR O LINK