PROCURANDO POR ALGO?

segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Às vezes. Num momento de fragilidade começo a me curvar diante de problemas outros.

FOTO: Rufino Silva, Dedim e Dzanira
Às vezes. Num momento de fragilidade começo a me curvar diante de problemas outros. Me deparo com obstáculos e num momento de desanimo penso em retroagir e largar tudo. Pura covardia. Fraqueza minha. Minha culpa. De repente, bem a meu lado, vislumbro a sagacidade, a coragem, sobretudo, a energia psicológica e a própria coragem de enfrentar o mundo com tanto vigor. Essa pessoa aparentemente tao frágil e dolente, me dar lição de vida. Me dar sorrateiramente exemplos de lutas e de desafios. Meu irmão. Ele. Semi deficiente com algumas anomalias, dar uma sacudida de reação e faz de seus problemas, a devida resposta, que nem tudo estar perdido e vai a luta. Esperneia, luta e em nada se entrega. Não se dar por vencido. Essa criatura com mais de 70 anos de idade, florando no olhar, o brilho nos olhos sem cansaço, cada vez me faz parar e nessas compara coes positivas, crio forca e coragem em continuar a lutar e jamais me acovardar. Dedim é o seu nome. Meu irmão. Apesar de deficiente, um homem de fê e de coragem. Obrigado meu mano. Você me fortalece quando quero cair. Você é meu ancora. Minha forca. Meu irmão forte, meu novo amanhecer... Minha nova esperança de vida... Hoje. Dia dos Pais. Meu convidado, neste domingo, 12.08.2018. Onde ganhei vitalidade de não ter medo de olhar para frente.

LEIA MAIS:
CRÔNICAS DE RUFINO SILVA

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
AVISO IMPORTANTE!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: josenidelima@gmail.com FAVOR INFORMAR O LINK