PROCURANDO POR ALGO?

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Este é o primeiro dia do resto de nossas vidas

Este é o primeiro dia do resto de nossas vidas

by José Batista de Carvalho
Este é o primeiro dia do resto de nossas vidasUm Ano Novo, um Novo Começo.
E aqui estamos nós, o primeiro dia do Ano Novo.
Que coisa extraordinária o Tempo é.
Ele passa tão devagar quando estamos esperando por algo especial, e ele passa tão rápido quando não estamos observando...
Não sei o que aconteceu com 2013. Realmente não sei. Porque outro dia eu estava falando ELE como o "Ano Novo", e agora estamos aqui, e é 2014!

E eu fiz tudo que eu queria fazer em 2013? Não.
Fiz bastante? Sim.
Realizei o suficiente do que eu queria realizar para chamá-lo de um ano próspero, um ano bom. Mas não foi um ano bom para todos. As pessoas perderam suas casas. Suas economias e pensões. Muitos ficaram sem emprego. Relacionamentos se dissolveram. Para muitos, tudo mudou.
Agora nós temos a chance de começar de novo.
Eu adoro esta época de celebração do Ano Novo porque, para mim, ela sinaliza um Novo Princípio, uma Nova Arrancada. Nós vivemos em ciclos. Tudo na vida se expressa em ciclos. A própria vida é um ciclo. E quando um ciclo começa mais uma vez, há sempre frescor no ar, uma nova sensação de esperança.
A esperança é algo que não podemos perder.
Afinal ela é somente o começo.
Depois da esperança vem a fé, ou o acreditar, e depois da fé vem o saber.
A esperança é o começo da Jornada da Mente para a Consciência.
Quando nós esperamos por algo, nós estamos dizendo que não temos certeza de que virá ou poderá acontecer, mas nós desejamos ardentemente que se concretize. Quando temos fé em alguma coisa, nós estamos dizendo que nós acreditamos que ela virá ou poderá acontecer, mas há o elemento de algo maravilhoso ou duvidoso... caso contrário a "fé" não seria necessária.
Quando sabemos de alguma coisa, nós dizemos que temos certeza de que ela virá ou poderá acontecer. Não há sequer dúvida, porque agora não há como não acontecer. Nós mantemos essa informação como um conhecimento. Nós ficamos atentos a essa coisa, positivamente.
Quando vocês entram no seu quarto e acionam o interruptor, vocês não esperam que o quarto fique iluminado, nem têm fé de que ele ficará iluminado. Você sabe que será iluminado. Não há nenhuma maravilha nisso, não há qualquer dúvida em sua mente.
É o mesmo em casa, eu sei que minha esposa me ama.
Eu não acredito que ela me ama, eu não espero que ela me ame, eu sei que ela me ama.
Quando eu transfiro este tipo de "conhecimento" para outros assuntos - Deus, por exemplo, e a bondade da Vida, a consciência de que a Vida está do meu lado e que a Vida sempre acaba - tudo muda na minha realidade.
Mas obter o Conhecimento Absoluto é o desafio. Trata-se de se elevar conscientemente para outro nível de Consciência - talvez para o mais alto nível de Consciência que alguém jamais ascendeu.
Para nos elevarmos a este nível, nós devemos abandonar os dados da Mente e acolher o conhecimento da Alma. Nós saímos do "Dado Mental" e passamos para "Coerência da Alma". A Alma sabe o que a Mente mal pode conceber. Para operar a partir do Nível da Alma, você deve estar, quase que literalmente, fora da sua Mente.
Eis o que o Ano Novo lhe oferece.
A chance de começar de novo.
A chance de estar fora da sua Mente.
A chance de se mover da Esperança para o Acreditar e para o Saber.
No começo deste novo ciclo, podemos abandonar, jogar fora, os dados do ano passado e começar de novo. Aquilo foi no ano passado, isto é agora.
Nós começamos sabendo que Deus é real e que a Vida está do nosso lado. Nunca me ocorreu que poderia ser de outra forma. Tudo funciona para o meu bem maior - e o bem maior de toda a Vida. Como poderia ser diferente? A evolução exige isso.
Eu sei que seja lá o que estiver acontecendo está acontecendo para o bem maior porque está acontecendo. Se não fosse para o bem maior, não estaria acontecendo porque a Vida não se auto-derrota. A Vida se auto-perpetua, se auto-mantém.
Os Três Grandes Princípios da Vida:
A Vida sempre é:
1. Funcional,
2. Adaptável,
3. Sustentável.
Portanto, seja lá como foi o ano passado para você, chame-o de Perfeito.
Não argumente sobre ele. Não lastime ou o chame de mau. Ele foi como foi porque a Evolução exigiu. Você não precisa esperar que isso seja verdade, você não precisa acreditar que isso é verdade, você pode saber que isso é verdade. E sabe como você pode saber que é verdade? Porque aconteceu do modo como aconteceu.
A ideia que nos mata, que faz a nossa Mente enlouquecer, é a ideia de que deveria ter acontecido de outro modo. Obviamente, não deveria, ou deveria. Nós não vivemos num universo de chances aleatórias. Nem Deus é sádico, jogando-nos no fogo e então se oferecendo para nos tirar do fogo.
Nossa oportunidade, então, é movermo-nos para a Gratidão em todas as ocorrências.
"Obrigado, Deus, por 2013 e por tudo o que aconteceu. E obrigado por 2014 e por tudo que irá acontecer. Eu sei que eu estou no meio da Perfeição, pois este é o Seu Mundo e eu estou nele."
Que 2014 seja bem-vindo.
Nós já estamos nele.
Um dia de momentos perfeitos, de resultados perfeitos, de Você perfeito.
Feliz Ano Novo para todos.
Amor e Abraços,
Neale Donald Walsch
José Batista de Carvalho | 01/01/2014 às 11:00 

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK