PROCURANDO POR ALGO?

sábado, 18 de janeiro de 2014

Polícia encontra drogas, armas e muita munição

OPERAÇÃO EM MESSEJANA

Polícia encontra drogas, armas e muita munição

18.01.2014

Os entorpecentes e os artefatos estavam na casa de traficante que era investigado por ´saidinhas´ bancárias
Uma investigação sobre "saidinhas" e "chegadinhas" bancárias, realizada por inspetores da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), terminou em uma ação conjunta com equipes da Delegacia de Narcóticos (Denarc), e na descoberta de uma casa que servia de depósito de drogas, armas e munição. O cerco resultou na prisão de Antônio Gilson de Souza Queiroz, 37, que seria o dono das drogas e do arsenal.

Na manhã de ontem, a Polícia apresentou para a Imprensa o resultado da operação. Maconha prensada, cocaína, crack e mineíta foram encontrados na casa do traficante, na Rua Coronel Dionísio Alencar, em Messejana FOTO: BEATRIZ BLEY


A prisão do acusado foi efetuada na Rua Coronel Dionísio Alencar, 46, em Messejana. O delegado adjunto da DRF, Danilo Rafanelle, salientou que o local não parecia uma residência, mas sim um local para guardar material ilícito. "Como suspeitei que havia envolvimento de Antônio Gilson com o tráfico de drogas, achei por bem pedir a colaboração dos colegas da Denarc na operação", frisou.

Venda
No imóvel, foram encontrados pelos inspetores cerca de 23,7 quilos de maconha prensada, 300 gramas de cocaína, 200 gramas de crack e 94,6 quilos de mineíta, um pó branco que é adicionado à cocaína pura, para que a droga seja vendida aos usuários de forma desdobrada.

Também foram apreendidos 12 cartuchos não deflagrados de calibre 38; 154 munições intactas, de pistola 380; e um rifle calibre 38, além de um carregador de pistola 9 milímetros e dois de ponto 40, armas que são de uso restrito. Havia ainda sete celulares, três balanças digitais, O Corsa Sedan de placas HXT-9412 e a motocicleta Honda Bros de placa HXY-8758.

Para os policiais, existe a suspeita de que Gilson de Souza alugue armas para assaltantes que atuam naquela região de Fortaleza, além de assassinatos por ordem do tráfico.

O delegado Breno Fontenele, da Denarc, informou que o envolvimento de Gilson de Souza está sendo investigado pelos inspetores daquela Especializada. Ele acredita que o suspeita faça parte de uma grupo criminoso numeroso, tendo em vista que os indícios de que o bando comete vários tipos de crime são fortes.

As investigações sobre Gilson de Souza estão sendo realizadas de forma separada. A DRF apura o envolvimento dele nos assaltos dos tipos "saidinha" e "chegadinha" bancárias.

Danilo Rafanelle pede às vítimas de assaltos ocorridos nas proximidades de agências bancárias na área da Messejana que compareçam à DRF, para que seja feito o reconhecimento.

Breno Fontenele ressalta que as informações sobre os comparsas de Gilson de Souza, que traficam drogas, podem ser passadas à Polícia pelo telefone 181 (Disques-Denúncia).

Balanço
Dados da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) revelam que, em 2013, cerca de duas toneladas de drogas foram apreendidas em todo o Estado, enquanto em 2012 foi apreendida uma tonelada, registrando, portanto, um aumento da ordem de 100 por cento.

A maioria das apreensões diz respeito a maconha prensada, cocaína e crack. Dezenas de traficantes foram presos em 2013,, mas logo soltos por ordem da Justiça Estadual.

Fernando BarbosaRepórter 


Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
AVISO IMPORTANTE!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. EMAIL: josenidelima@bol.com.br FAVOR INFORMAR O LINK