PROCURANDO POR ALGO?

terça-feira, 13 de maio de 2014

Brasil tem o 2º passaporte mais valorizado da América Latina

Publicado em 13/05/2014 - 8:00 por 

Atualmente, os brasileiros podem viajar sem visto para 146 países
A gente pode até precisar de visto para entrar nos Estados Unidos, mas você sabia que, apesar disso, o passaporte brasileiro é o segundo mais valorizado entre todos os países da América Latina? Ficamos atrás apenas da Argentina.
É o que revela um índice sobre cidadãos de um país que podem viajar a mais destinos sem a necessidade de visto. No ranking, publicado pela consultoria Henley & Partners e pela Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA, na sigla em inglês), o Chile fica em terceiro lugar, seguido do México e do Uruguai, empatados.
No outro extremo da lista estão os haitianos, dominicanos e cubanos, que precisam se submeter a mais trâmites para obter vistos.
Mas voltando a falar de Brasil, em 2008, podíamos viajar para 122 países sem autorização; número que subiu para 146 em 2013. Já na Argentina, os números são 127 e 147, respectivamente.
Entre os 33 destinos que mais recebem brasileiros, nós ainda precisamos de visto apenas para os Estados Unidos, China, Canadá, Angola, Japão e Austrália.
No mundo
A lista contempla 219 destinos no planeta, incluindo países e territórios. A máxima pontuação possível é de 218, já que não se conta o próprio país de quem viaja. No ranking geral, o Brasil ocupa o 19º lugar, enquanto a Argentina está em 18º e o Chile, em 21º.
Nessa listagem, três países ocupam o primeiro lugar: Finlândia, Suécia e Reino Unido, cujos cidadãos podem viajar sem visto para 173 destinos. Nas últimas posições estão Afeganistão (28 destinos sem a necessidade de visto), Iraque (31), Paquistão e Somália (ambos com 32).
O que influencia
Mas o que impacta, por exemplo, o fato de que um cidadão de determinado país poder viajar a 170 países sem se preocupar com visto, enquanto um outro tem apenas pouco mais de 30 destinos liberados?
Segundo informou Amanda Philip, chefe de Publicações da Henley & Partners, a consultoria co-responsável pelo levantamento, “há a incidência de uma série de fatores, como a situação internacional de um país e suas relações com outras nações”. “Os principais critérios para a expedição de vistos são as considerações sobre segurança e sobre economia”, completa.
Ainda de acordo com ela, em geral, a política de vistos se baseia nas relações históricas ou diplomáticas, em tratados de comércio e no comércio bilateral entre as nações.
Com informações da BBC Brasil.

FONTE: DIÁRIO DO NORDESTE

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK