PROCURANDO POR ALGO?

domingo, 27 de outubro de 2013

Candidatos se atrasam e perdem o segundo dia do Enem; veja histórias

2º dia de provas começou às 13h deste domingo, no horário de Brasília.
Houve até quem pulou o muro, mas foi pego e colocado para fora.

Do G1, em São Paulo
DOMINGO (27): São Paulo (SP) - Candidato chegou atrasado e perdeu o segundo dia do Enem  (Foto: Caio Kenji/G1)DOMINGO (27): São Paulo (SP) - Candidato chegou atrasado e perdeu o segundo dia do Enem (Foto: Caio Kenji/G1)
Muitos candidatos que fizeram as provas do primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) se atrasaram e não puderam entrar para fazer as provas deste domingo (27). O fechamento dos portões aconteceu pontualmente às 13h do horário oficial de Brasília. Segundo o edital do Enem 2013, não há tolerância com atrasos.

Em São Paulo, o estudante Flávio Renato de Queiroz, de 20 anos, correu e chegou a pular no portão docampus da Uninove, na Barra Funda, poucos minutos após o encerramento da entrada. Ele disse ter sido surpreendido por uma conexão do trem que ele pegou para deixar Barueri, cidade onde mora na Grande São Paulo, e chegar ao local da prova.
"Sai de casa 11h30. Teve uma conexão do trem. Tive que pegar um ônibus para fazer o trecho entre duas estações. Eu perdi a prova. Meu pai vai ficar muito bravo”, afirmou com as mãos muito trêmulas. Ele quer uma vaga de ciências contábeis na Faculdade de São Carlos, no interior do estado. Ele disse ter estudado muito para o Enem. “Ontem, eu tinha acertado 60 das 90 questões”, afirmou.
Veja abaixo outras histórias de quem acabou perdendo a prova neste ano:
Ítalo Thiago, 20 anos, Rio Branco, ainda ia escolher o curso (Foto: Rayssa Natani/ G1)Ítalo Thiago, 20 anos, Rio Branco, ainda ia escolher
o curso (Foto: Rayssa Natani/ G1)
'Fui beber e perdi a hora'
Ítalo Thiago, de 20 anos, encontrou o portão fechado ao chegar no local de prova, em Rio Branco, no Acre, neste domingo (27). "Fui beber ontem para ver se ficava mais tranquilo e acabei perdendo a hora", disse o jovem que ainda não tinha em mente o curso que iria escolher. Mesmo tendo chegado apenas um minuto atrasado, às 11h01, Thiago, sabendo que o exame seria cansativo, diz que preferiu não brigar para tentar entrar. "Estou muito cansado, não vou aguentar fazer a prova mesmo. Só quero chegar em casa, tomar um banho e dormir", afirma.
Alef trabalhou durante a madrugada e não conseguiu ônibus (Foto: Katherine Coutinho/ G1)Alef trabalhou durante a madrugada e não
conseguiu ônibus (Foto: Katherine Coutinho/ G1)
Trabalhou de madrugada
No Recife, Alef Azevedo, 20 anos,  trabalhou durante a madrugada com carga e descarga em uma empresa no bairro de Afogados, na capital pernamubcana, e só largou às 9h30. Ele pegou o metrô até o Terminal Integrado de Joana Bezerra, mas, depois de esperar cerca de 20 minutos pelo ônibus, desistiu e resolveu correr, chegando pouco tempo após os portões fecharem. "Esse ano, eu me importei, fiz cursinho. Quero uma vaga em psicologia, para trabalhar na área de recursos humanos, gosto disso. Tem que rir para não chorar, não é mesmo?”, disse.
Gustavo Meer foi expulso de faculdade da UFMG após pular o muro (Foto: Laura de Las Casas/G1)Gustavo Meer foi expulso de faculdade da UFMG
após pular o muro (Foto: Laura de Las Casas/G1)
Atrasou, pulou o muro e foi expulso
O estudante Gustavo Meer, de 20 anos, foi expulso do prédio da Faculdade de Letras do campus Pampulha da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em Belo Horizonte, neste domingo (27), após tentar entrar depois do horário de início do segundo dia do Enem 2013. O candidato deu a volta e pulou a parte de trás do prédio. Segundo ele, o local é de fácil acesso, e não tem segurança. Ele disse que chegou atrasado por que havia esquecido o documento de identidade em casa e voltou para buscar. "Perder a prova é muito triste. Eu estudei, eu ralei", lamentou.
Candidata Kaline Kele, 23 anos, mora a 10 minutos de local de prova, mas chegou atrasada em Teresina (Foto: Gilcilene Araújo/G1)Candidata Kaline Kele, 23 anos, mora a 10 minutos
de local de prova, mas chegou atrasada em
Teresina (Foto: Gilcilene Araújo/G1)
Mora a 10 minutos do local
Em Teresina, Kaline Kele, de 23 anos, chegou nove minutos depois do fechamento dos portões em Teresina. A candidata levaria apenas dez minutos para fazer o trajeto de casa até a escola, mas confiou na curta distância e não conseguiu chegar a tempo. “Fiquei estudando ontem até tarde para revisar os assuntos e acordei às 8h da manhã. Tomei banho e almocei, mas não sei em qual momento me atrasei. Quando saí de casa, peguei um mototaxi e quando cheguei os portões já estavam fechados”, contou a jovem.
A estudante Amanda Matos, de 19 anos, chega um minuto após o fechamento dos portões na UnB, em Brasília, no segundo dia de provas do Enem  (Foto: Juliana Braga/G1)A estudante Amanda Matos, de 19 anos, chega um
minuto após o fechamento dos portões na UnB,
em Brasília, no segundo dia de provas do Enem
(Foto: Juliana Braga/G1)
'A gasolina acabou'
A estudante Amanda Matos, de 19 anos, perdeu a prova  porque chegou um minuto após o fechamento dos portões da escola na Universidade de Brasília (UnB). Segundo ela, a gasolina do carro acabou quando ela estava a caminho. Amanda disse estar chorando “de raiva”. Ela contou que saiu de casa às 10h, com tempo supostamente suficiente para chegar mesmo se houvesse um imprevisto. Poucos depois de sair de casa, no entanto, acabou a gasolina e o carro ficou parado no meio do caminho. “Aí demorou muito. Teve que ir mandar trazer a gasolina, e não chegava nunca”, contou. Ela pegou um ônibus, mas não deu tempo.
Emanuel Nogueira, 21 anos, perdeu a segunda prova do Enem porque esqueceu a identidade, em Fortaleza (Foto: Gabriela Alves/G1)Emanuel Nogueira, 21 anos, perdeu a segunda
prova do Enem porque esqueceu a identidade,
em Fortaleza (Foto: Gabriela Alves/G1)
'Esqueci o RG'
O estudante Emanuel Nogueira perdeu o segundo dia de prova do Enem, em Fortaleza, porque esqueceu o documento de identidade. "Tinha gostado de ontem, mas perdi a prova'', lamentou.  O candidato pretendia disputar uma vaga no curso de engenharia civil. Emanuel, 21 anos, contou que foi ao local de prova na moto dele que era conduzida por um amigo. Ele desceu na entrada da universidade, mas não lembrou de pegar o RG  que estava junto com os documetos do veículo.
G1 terá programa ao vivo
Uma hora após o término das provas, o G1 terá programa em vídeo ao vivo com professores do Curso de A a Z, do Rio, e do Projeto Educação, da Globo Nordeste, no Recife, e estudantes que fizeram o exame. Eles comentarão os níveis de dificuldade de cada uma das provas. Candidatos do Enem poderão enviar perguntas e comentários pelo Twitter usando a hashtag #G1noEnem.
Também depois do término das provas, o G1 vai trazer a resolução extra-oficial de cada uma das questões do Enem feita por professores dos cursinhos Etapa, de São Paulo, e Oficina do Estudante, de Campinas (SP).
Os resultados
Os gabaritos oficiais das provas objetivas serão divulgados no sitehttp://portal.inep.gov.br/enem no dia 30. Os candidatos poderão acessar os resultados individuais do Enem 2013 em data ainda a ser divulgada, mediante inserção do número de inscrição e senha ou CPF e senha no endereço eletrônicohttp://sistemasenem2.inep.gov.br.



FONTE:
http://g1.globo.com/educacao/enem/2013/noticia/2013/10/candidatos-se-atrasam-e-perdem-o-segundo-dia-do-enem-veja-historias.html

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK