PROCURANDO POR ALGO?

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Corinthians dispara com assinatura de Renato Augusto e Jadson; veja análise

Com um sempre perto da bola para armar o contra-ataque, e outro abrindo a defesa do Atlético-PR, Timão mostra que, com treino, bons jogadores podem atuar juntos


Por São Paulo

Imagine um meia que reunisse as melhores características de Jadson e Renato Augusto. Se existisse, valeria milhões e mais milhões. Sorte do Corinthians que tem os dois. No último domingo, como tem sido rotineiro no Campeonato Brasileiro, os dois foram protagonistas davitória por 4 a 1 sobre o Atlético-PR, que aproximou ainda mais o Timão do hexacampeonato.
Na bola parada, brilhou Jadson. Com ela rolando, Renato Augusto foi dono do jogo. A equipe paulista teve apenas 40% de posse de bola. Mas nesse período, esbanjou objetividade e eficiência. Foram apenas 14 segundos, por exemplo, desde que Guilherme Arana recebeu de Cássio até o chute de Vagner Love terminar no gol de Weverton, no segundo gol sobre o Furacão. A bola passou ainda por Malcom e Renato Augusto (veja no vídeo abaixo).
O posicionamento deste gol se repetiu "n" vezes ao longo dos 90 minutos. Renato Augusto sempre perto da bola, e Jadson bem aberto do lado direito. Com Malcom em situação semelhante, só que na esquerda, eles abriram bastante a linha defensiva do Atlético-PR e criaram espaço para Vagner Love se projetar entre os zagueiros.


No lance do vídeo abaixo (veja), por exemplo, no segundo tempo, Renato Augusto novamente estava próximo da bola para iniciar o contra-ataque. Repare como Jadson está aberto na direita, e só fecha para receber de Malcom. Quando isso acontece, quem está pertinho? Ele mesmo, o camisa 8 do Timão, que faz outro passe em profundidade para o lado esquerdo. Treino e jogo.
Nas bolas paradas, Jadson, novamente, se destacou, ainda que os dois gols marcados pelo Corinthians dessa forma tenham tido um desvio antes do toque final para as redes. Mas a capacidade do camisa 10 em encontrar companheiros é notável. Sua bola é rápida, e, normalmente, vai em direção ao golpe de algum alvinegro. Não é aquela "cobrança-balão", que permite ao sistema defensivo se armar para afastar. Veja os gols da vitória no vídeo abaixo:

A velocidade com a bola levou o Timão a abrir oito pontos na liderança e abrir vantagem como melhor ataque do Brasileirão: são 57 gols. Mas tamanha superioridade nos números também se explica pela forma que a equipe atua sem a bola. A vantagem já era de 2 a 0, ainda no primeiro tempo, quando Walter recebeu no setor esquerdo do ataque. A foto abaixo é uma reproduçãoda transmissão da TV Globo, em que é possível ver os 11 jogadores do Corinthians na imagem. Compactação só atingida graças à concentração no gramado.
Marcação Corinthians 11 jogadores defesa (Foto: Arte: GloboEsporte.com)Mesmo vencendo por 2 a 0, Timão consegue encaixar seus 11 jogadores na marcação (Foto: Arte: GloboEsporte.com)
Vale, aliás, um elogio a Tite. Em outro time ou com outro treinador, possivelmente perderia-se tempo questionando se Renato Augusto e Jadson podem jogar juntos. O Corinthians prova que não só podem, como a presença de cada um ajuda a potencializar o rendimento do companheiro. Com oito pontos de vantagem e a dupla sobrando, fica quase impossível imaginar o Timão sem o título. Assim como é quase impossível determinar qual dos dois é o melhor do campeonato.


FONTE: Globo Esporte

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK