PROCURANDO POR ALGO?

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

ENFEITANDO A MINHA ÁRVORE DE NATAL

Katinha Brasil / Facebook
Neste Natal, a minha árvore vai ser diferente.

Armei-a no centro do meu coração, nada virtual, apenas uma opção, entre o real e o imaginário dessa festa, onde muita gente anda confundindo, com mais um feriado prolongado de fim de ano ou uma data meramente comercial e nada mais.

Queria uma árvore simples, que falasse de amor, de paz e de esperança; que me lembrasse os tempos de criança, onde eu fui muito feliz com tão pouco, e os presentes eram tão simples como carinho, aconchego e abraços.

Na minha árvore coloquei bolinhas coloridas, que representavam, cada uma delas, uma pessoa, alguém que passou pela minha vida e deixou uma marca, uma lembrança, uma história.

As primeiras, representavam meus pais, ambas muito grandes e coloridas lembravam tanto minha mãe, com seu avental pendurado, as mãos ocupadas, quanto o meu Pai, com sua coragem, seu carinho, sua proteção e seu sorriso sempre otimista e amigo. E o carinho era tanto que as bolinhas tremulavam felizes!!!

Algumas bolinhas eram meras lembranças quase apagadas…
Amigos da escola, a professora do prézinho, a tia da cantina que me servia com amor, amigos da rua com quem eu brincava, amigos da rua com quem eu brigava, formavam uma cascata de cores, que me remetiam ao passado…

Na minha caixa de Natal, peguei uma bolinha especial, linda, colorida e translúcida, era o meu primeiro amor, com todo seu encanto e inocência, fizeram com que algumas lágrimas descessem sem eu perceber…a emoção foi tão grande que voltei no tempo.Quantas recordações…

Mais bolinhas coloridas, gente amiga que tanto me ajudou. Quanta saudade, quanta gratidão…quanta alegria, quantas lembranças queridas!!

Até que vieram também algumas bolinhas descascadas, sem cor, sem brilho, pessoas que eu magoei, que me magoaram, me decepcionaram muito, frutos de desavenças e brigas tolas ou graves, gente que eu não vejo há tanto tempo...

E foram essas bolinhas que eu quis colocar em destaque num cantinho especial da minha árvore, para me lembrar que eu ainda posso perdoar. É aquela gente afastada, mas que caso eu reencontre eu posso ajudá-los também a acender uma nova luz em suas vidas, desejando que se curem de suas maldades mas lembrando-me que são sempre apenas bolinhas descascadas e sem cor na minha vida, nada mais. Passaram.

No alto da árvore, no centro do meu coração, e de minha vida, eu coloquei a bolinha mais brilhante e linda, que eu segurava como se fosse um relicário, para declarar meu amor ao Mestre da Luz, Jesus, nosso Senhor e Salvador, desejando feliz aniversário, para Àquele que dá sentido a nossa jornada, que nos ensinou a amar, que nos trouxe de novo a paz, que ilumina a cada dia a árvore da nossa humanidade vituperada e ofendida pelo pecado e pela morte, para nos reconciliar para sempre, como Filho de Deus, único caminho, verdade e vida, única religação possível, com o Nosso Deus, Criador do Universo e Pai das Luzes, Deus Pai!!!
Feliz Natal!

Katinha Brasil adaptação de texto de Paulo Roberto Gaefke, (Natal de 2015)

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK