PROCURANDO POR ALGO?

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Como tratar a depressão naturalmente I e II

Quem nunca se sentiu deprimido um dia? Muitas vezes, umas boas férias ou uma saída com os amigos resolve. Mas, nem sempre é assim.
A depressão, que aparece sem motivo aparente, pode estar apontando para um problema físico subjacente, como, por exemplo, um desequilíbrio hormonal. Nesses casos, procurar um médico é fundamental.

Se não for esse o caso, há várias soluções naturais, para amenizar esse problema, algumas delas, apresentadas aqui no Blog.

Quais são os sintomas da depressão? 


Agitação ou letargia, cansaço, desesperança, diminuição de atividade físicas e/ou mentais, falta de apetite ou apetite exagerado, indecisão, insônia ou excesso de sono, irritação, mau humor, perda de concentração, pessimismo, problemas de memória e tristeza são sintomas clássicos de depressão.

O que pode estar por trás de uma depressão?

 
Segundo os especialistas, um trauma, um problema sério de família ou a perda de um ente querido, podem estar por trás de uma depressão. Porém, há outras causas menos evidentes, como insatisfação profissional, problemas de relacionamento, frustração em relação ao estilo de vida e, por aí vai.

Soluções para tratar a depressão naturalmente

Alimentação


Ter uma alimentação equilibrada, que exclua açúcar refinado, trigo, laticínios e gordura trans é o primeiro passo para a prevenção e cura da depressão. Alimentos como abobrinha, aveia, arroz integral, abacate, banana, laranja, maçã, amêndoa, castanha de caju, nozes, linhaça, sardinha e salmão aliviam e previnem a depressão, porque contém quantidades significativas de substâncias antidepressivas, como ferro, ômega 3, triptofano e zinco.

Suplementos

Verifique a quantas andam os seus níveis de ferro, ômega 3, vitamina B12, vitamina D e zinco. A deficiência desses nutrientes está diretamente relacionada à depressão. Talvez, você precise suplementar. Faça isso sob a orientação de um especialista.

Banhos de sol

Tomar sol no início da manhã ou no final da tarde, pelo menos por 20 minutos, é um antidepressivo natural.

Caminhadas na natureza

Tente fazer caminhadas, de pelo menos 30 minutos, três vezes por semana.

Além de limpar a mente, a caminhada aumenta os níveis daquelas substâncias, como a serotonina, que dão a sensação de bem-estar. O contato com a natureza é um elixir de bem-estar. Se quiser fazer a receita completa: caminhe na natureza tomando aquele delicioso solzinho da manhã! Esse é um remédio simples e eficaz para aliviar a depressão.


Vejam mais dicas de soluções naturais para aliviar a depressão aqui. Apresentamos soluções que fazem bem ao corpo e à alma! Não percam!


É bom lembrar que todas essas soluções naturais de combate à depressão não substituem os tratamentos e medicamentos indicados pelo médico.


Veja também: Alimentos para prevenir e combater a depressão


Fonte: Lar Natural




FONTE:
http://www.vocerealmentesabia.com/2014/07/como-tratar-depressao-naturalmente-i.html

......................................................................................................

Como tratar a depressão naturalmente II

O ritmo frenético do nosso dia a dia nos rouba cada vez mais o prazer de fazermos aquelas coisas simples, que nos dão tanto prazer. Isso já é motivo de sobra para ficarmos deprimidas.
Portanto, abrir espaço nas nossas ocupadas agendas, para voltarmos a fazer o que nos deixa feliz, é um ótimo remédio para a depressão.

Ligue para as suas amigas, para colocar a conversa em dia. Volte a andar de bicicleta naquela rua bonita. Dê um jeito de ficar mais tempo  com os seus filhos. Pegue para ler aquele livro bacana, que ficou amarelado de tanto tempo que ficou guardado…

Soluções naturais para tratar a depressão que fazem bem ao corpo e à alma

Aromaterapia


Os óleos essenciais são aromas medicinais que tratam o corpo e a alma. Alguns dos aromas que podem tratar a depressão são: lavanda, bergamota, sálvia esclareia, laranja doce, manjerona, camomila romana e ylang ylang. Uma sinergia clássica de óleos essenciais que aliviam a depressão é a mistura de: sálvia esclareia, bergamota e lavanda.

Se quiser experimentar, compre um vidrinho com gotejador de 30 ml. Coloque 15 ml de sálvia esclareia, 10 ml de bergamota e 5 ml de lavanda. Agite bem. Passe de 1 a 3 gotinhas, 3 vezes ao dia, atrás das orelhas, nos pulsos ou nas têmporas.

Chá de ervas

Um bom chá de ervas é sempre bem-vindo quando a questão envolve bem-estar. O ato de tomar o chá, por si só, já é um grande benefício, porque nos ajuda a relaxar. Os chás mais tradicionalmente usados para depressão são os chás de alecrim, erva doce, flor de laranjeira, hibiscus, maçã e melissa.

Reflexologia

A reflexologia é uma terapia muito eficiente para tratar a depressão. Uma sessão por semana pode ser uma mão na roda. Mas, atenção: procure um profissional qualificado, porque isso fará toda a diferença!

Enquanto isso,  sempre que puder, antes de dormir, tome um banho quente e, massageie as plantas dos seus pés com um creme hidratante, de preferência neutro, com algumas gotinhas de óleo essencial de lavanda.

Terapia Floral

A mistura das essências florais rescue, gorse, mustard, sweet chestnut e wild rose, do sistema Bach, é um s.o.s floral clássico para depressão. Se quiser fazer a experiência, encomende essa fórmula, em qualquer farmácia especializada. Peça um vidrinho de 30 ml, conservado com glicerina vegetal a 30% e, tome 4 gotas, 4 vezes ao dia.

Não perca de vista, porém, que o ideal é fazer terapia floral com um profissional especializado, que vai utilizar florais de vários sistemas, para equilibrar os seus aspectos emocional e mental e, chegar até a causa da sua depressão.


Além disso, confira aqui mais dicas de Como tratar a depressão naturalmente I.
 
É bom lembrar que nenhuma dessas soluções substituem os tratamentos e medicamentos indicados pelo médico.


Fonte: Lar Natural

FONTE:
http://www.vocerealmentesabia.com/2014/07/como-tratar-depressao-naturalmente-ii.html


Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
AVISO IMPORTANTE!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: josenidelima@gmail.com FAVOR INFORMAR O LINK