PROCURANDO POR ALGO?

sábado, 15 de novembro de 2014

Após ter jogo de peladas deletado, desenvolvedor lança "Corrida Censurada"

Após ter jogo de peladas deletado, desenvolvedor lança "Corrida Censurada"

Novo game ganhou uma terceira fase, ambientada na orla do Guaíba, e a protagonista é ruiva

Atualizada em 15/11/2014 | 02h4815/11/2014 | 00h09
Após ter jogo de peladas deletado, desenvolvedor lança "Corrida Censurada" Reprodução/Aurea Games
Terceira fase do jogo é ambientada na orla do Guaíba, imitando os casos reais de peladas na CapitalFoto: Reprodução / Aurea Games
Dois dias depois de lançado e com mais 10 mil downloads, o jogo inspirado nas mulheres que foram às ruas peladas em Porto Alegre foi deletado da loja virtual da Google. Sem ser avisado previamente e sem resposta sobre os motivos, o criador do Corrida Pelada! POA resolveu lançar uma segunda versão, que leva no nome o protesto pela exclusão: Corrida Censurada.
 
Precavendo-se de uma nova censura, além de incluir uma terceira fase no game, o desenvolvedor de 28 anos, Cristiano Bartel, adicionou uma tarja preta na protagonista do jogo. A estratégia não deu certo e, no mesmo dia em que foi disponibilizado para baixar, na última quarta-feira, o jogo acabou removido outra vez.
— Acho que é uma injustiça. Tem um jogo muito mais ofensivo, que é um pênis roxo que bate em crianças, e que permanece lá. O meu, que não tem nada de vulgar, só uma mulher pelada, que aparece de lado, foi removido duas vezes — questiona Bartel, que é formado pela faculdade de Jogos Digitais da Unisinos.
O que significa a onda de peladas em Porto Alegre
O criador entrou em contato com a Google, mas disse que não recebeu nada mais do que uma resposta automática sem motivo algum. Assim, o Corrida Censurada está disponível para download apenas no site da marca criada por Bartel, a Aurea Games, e pode ser jogado em qualquer celular Android. 
— Em protesto, tirei a tarja preta — brinca.
Na nova versão, o jogo, que já tinha duas fases — imitando "a vida real" porto-alegrense, com a primeira ambientada no Parcão e a segunda, na Terceira Perimetral —, ganha uma terceira. Nesta, a personagem loira é subsituída por uma ruiva e tem como cenário a orla do Guaíba — embora a terceira pelada tenha sido flagrada ao lado do Palácio Piratini, no Centro Histórico da Capital.
Com direito a pôr do sol, o objetivo do jogador, que foge de um policial, é vencer obstáculos, como mesas, carros, buracos, cascas de banana, entre outros. Cada vez que a personagem peladona pula um desses empecilhos, ganha um ponto. Quanto mais pontos acumular, mais acelerado fica o jogo.
A visibilidade que os flagras de pessoas nuas deram a Porto Alegre e que motivaram a criação dos dois jogos, levou Bartel a participar do Encontro com Fátima Bernardes na manhã desta sexta-feira, via videoconferência. Mesmo com a "fama", o desenvolvedor protesta:
— Criei um jogo há dois anos, inspirado no filme 2012 (com o nome de The last driver), que fala do fim do mundo, que teve mais de 7 milhões de downloads e chegou a ficar entre os 10 mais baixados nos Estados Unidos, e não tive essa mídia — aponta, sem reclamar.
— Consigo entender perfeitamente, por que essa moda das peladas é o assunto do momento, né?
Relembre os casos de flagras nus na Capital:
 
No Parcão, uma mulher de 30 anos atraiu olhares de frequentadores ao correr nua, em 30 de outubro. Ela foi detida pela Brigada Militar e levada a um posto de saúde
Foto: Diego Vara


No último dia 6, outra mulher foi vista andando pelada, dessa vez na Terceira Perimetral. As imagens, registradas pelo leitor Thiago Lisot por volta das 18h, foram enviadas por Whatsapp.

Pela terceira vez em 11 dias, uma mulher foi vista pelada pelas ruas de Porto Alegre. O fato ocorreu na Rua General Auto, que passa ao lado do Palácio Piratini, no Centro Histórico. Segundo a agência Futura Press, o fotógrafo registrou a imagem por volta das 15h de domingo.


FONTE: http://zh.clicrbs.com.br/rs/entretenimento/noticia/2014/11/apos-ter-jogo-de-peladas-deletado-desenvolvedor-lanca-corrida-censurada-4643510.html

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK