PROCURANDO POR ALGO?

sábado, 13 de junho de 2015

'Minha vida não seria linda', diz Milton Nascimento sobre Fernando Brant

'Bituca' chegou ao velório, no Palácio das Artes, em BH, durante a tarde.
Fernando Brant morreu nesta sexta, por complicações após transplante.


Alex AraújoDo G1 MG
O cantor Milton Nascimento comparece ao velório do corpo de Fernando Brant, compositor que participou do movimento Clube da Esquina, no Palácio das Artes, em Belo Horizonte (Foto: Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo)
O cantor Milton Nascimento no velório do corpo de Fernando Brant (Foto: Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo)
"Minha vida não seria tão linda sem a presença dele”, disse o cantor e compositor Milton Nascimento sobre a morte de Fernando Brant, que morreu nesta sexta-feira (12), por complicações após o segundo transplante de fígado. Milton esteve no velório do parceiro musical mais importante da carreira dele, no Palácio das Artes, em Belo Horizonte, na tarde deste sábado (13).

Fernando Brant morreu na noite desta sexta-feira (12), no Hospital das Clínicas, em Belo Horizonte, por complicações após o segundo transplante de fígado. A segunda cirurgia foi feita 48 horas após o primeiro procedimento. Há três anos, o músico batalhava contra um câncer de fígado. Ele deixou a mulher, três filhos e dois netos.
Milton Nascimento contou que recebeu a notícia ainda noite de sexta-feira (12), e que ficou muito abalado. Foi se deitar, mas se levantou às 5h para sair do Rio de Janeiro, onde mora, e ir para Belo Horizonte. Ele chegou ao Palácio das Artes por volta das 14h15 e concedeu entrevista coletiva.
[Da esq. para dir.] Beto Guedes, Toninho Horta e Milton Nascimento (Foto: Alex Araújo/G1)
[Da esq. para dir.] Beto Guedes, Toninho Horta e Milton Nascimento, todos integrantes do Clube da Esquina, movimento musical nascido em 1960, em Belo Horizonte (Foto: Alex Araújo/G1)
“Ele fez parte da coisa maior da minha vida, que é amizade. Ele deixou um gande legado", disse Bituca, como Milton é carinhosamente conhecido no Clube da Esquina.

A parceria entre Fernando e Milton começou com a música "Travessia", uma das mais relevantes e popularmente conhecidas da carreira do cantor. E desta parceria ainda saiu "Canção da América", composta pela dupla em Los Angeles. Milton conta que os dois estavam nos Estados Unidos em uma época que ele "queria abraçar Deus e o mundo". Bituca fez a melodia e Brant, a letra. Apesar de sucessos mundiais, Milton disse que não consegue escolher uma preferida.
“A gente não fazia as musicas só por fazer. A gente estudava o que estava acontecendo nas nossas vidas e nos nossos corações. As pessoas eram fonte de energia para gente”, disse.
Milton Nascimento no Palácio das Artes, durante velório de Fernando Brant (Foto: Alex Araújo/G1)Milton Nascimento no Palácio das Artes, durante
velório de Fernando Brant (Foto: Alex Araújo/G1)
Sobre a amizade, Bituca fala de forma grandiosa. "Ele fez parte da coisa maior da minha vida, que é amizade.  A gente compartilhava o que aparecia nas nossas vidas”, comentou o cantor.
“Acho que a gente não deixou nada para falar um para o outro. O Fernando é uma das pessoas mais maravilhosas que eu conheci neste mundo", falou com emoção. “A lembrança que eu tenho do Fernando é a lembrança de toda a minha vida", disse Bituca.
No Facebook, Milton Nascimento publicou um texto emocionado sobre a morte do amigo.
"As coisas que teria para dizer sobre o Fernando estão escritas em nossas canções e descritas nas vozes das pessoas que as colocam em suas bocas, na emoção mais profunda que toca o coração. Não estou falando somente de nós, que temos o privilégio do microfone, mas sim de todos juntos, seja no encontro generalizado de vários olhos e sentimentos, mas também no íntimo de cada um. Do amor de irmãos, de amigos, de amantes e companheiros. É pureza rara e muita beleza. Quando diz uma coisa, ele acredita mesmo. Alma gêmea dos magos, alimento das estelas, som. Mais que tudo, amigo..." Milton "Bituca" Nascimento"
O corpo do músico e escritor mineiro vai ter enterrado na tarde deste sábado, no Cemitério do Bonfim, na Região Noroeste de Belo Horizonte.
Vida de Fernando Brant
Natural de Caldas, Fernando Brant nasceu em outubro de 1946. Formou-se em direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Mais tarde atuou como repórter da sucursal mineira da revista "O Cruzeiro". Mas foi como músico e compositor que ele fez sucesso.
Fernando Brant (Foto: Reprodução / TV Globo)Fernando Brant (Foto: Reprodução / TV Globo)
Na década de 1960, conheceu Milton Nascimento, seu principal parceiro em mais de 200 músicas. Em 1967, compôs sua primeira música, "Travessia", que se tornou um hit nacional na voz de Milton Nascimento.
Bituca, como Milton é carinhosamente chamado no Clube da Esquina, ainda interpretou outros clássicos de Brant, como "Canção da América", "Nos bailes da vida", "Maria, Maria", "Planeta blue", "Promessas do sol", "O vendedor de sonhos" e "Encontros e despedidas", entre outros.
Brant ainda formou parceria com os irmãos Borges, Beto Guedes, Tavinho Moura e Sirlan.
Em 1967, Brant participou do II Festival Nacional da Canção, na TV Globo, com três canções escritas em parceria com Milton Nascimento: "Morro velho", "Maria minha fé" e o hit "Travessia", que terminou em 2º lugar no evento.
Em 1968, participou do IV Festival de Música Popular Brasileira, na TV Record, com a canção "Sentinela", cantada por Cynara e Cybele.
Em 1970, escreveu, com Milton Nascimento, a trilha sonora de "Tostão, a fera de ouro", curta-metragem de Ricardo Gomes Leite e Paulo Laender, com destaque para a canção "Aqui é o país do futebol". No mesmo ano, Milton Nascimento gravou outras canções de Brant, entre elas "Para Lennon e McCartney" e "Durango Kid".
Em 1972, as composições "San Vicente", "Ao que vai nascer" e "Paisagem na janela" foram incluídas no histórico LP "Clube da Esquina" , de Milton Nascimento e Lô Borges.
Em 1998, as canções "Janela para o mundo" e "Louva-a-deus" integraram o repertório de "Nascimento", disco premiado com o Grammy.
FONTE:
http://g1.globo.com/minas-gerais/musica/noticia/2015/06/minha-vida-nao-seria-linda-diz-milton-nascimento-sobre-fernando-brant.html

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK