PROCURANDO POR ALGO?

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Chefe proíbe mulher de usar banheiro feminino no trabalho

Thais Cyriaco, de 30 anos, processou a rede de supermercados 'Makro' pela decisão
© Reprodução / Redes Sociais
A auxiliar de limpeza Thais Cyriaco, de 30 anos, foi obrigada pela supervisora a usar o banheiro masculino do supermercado onde trabalha, da rede Makro, em Campinas, durante 5 meses.

"Eu sou mulher, mas uma promotora do supermercado me viu no banheiro feminino e reclamou com a gerente de Recursos Humanos. No dia seguinte, minha supervisora me procurou e disse: 'Já que você parece homem, vai ter que usar o banheiro masculino'. Eu retruquei. Disse que era mulher e que não queria, mas ela foi irredutível", afirmou.

De acordo com o 'Universa', do UOL, Thaís só voltou a usar o banheiro feminino do local de trabalho depois que entrou com um processo, na semana passada, contra a rede de supermercados. Ela e os colegas se sentiam constrangidos com a situação. A funcionária passou a não trocar de roupa no trabalho, e evitava usar o banheiro.

"Tentei poucas vezes, mas desisti. Eu me sentia péssima. Evitava ao máximo. Passava o dia com vontade de fazer xixi, mas tentava aguentar até em casa. Quando ficava impossível, corria para o banheiro adaptado e rezava para que estivesse vazio. Foram cinco meses de sofrimento", revelou.

Mesmo depois de ser autorizada a usar o banheiro feminino, Thais conta que não houve um pedido de desculpas nem explicações. "Todo mundo me olha torto. A situação só piora", disse.

Já a rede de supermercados Makro disse que "iniciou uma apuração para esclarecer e elucidar os fatos".

"A rede esclarece que a terceira Thais de Paula Cyriaco, contratada de uma empresa que presta serviço de limpeza à loja de Campinas, solicitou ao seu empregador que fosse tratada pelo gênero masculino, adotando o nome de Thalyson. O Makro foi comunicado deste posicionamento pela empresa terceirizada e, alinhado com seus valores de respeito à diversidade e à inclusão, imediatamente apoiou a decisão pessoal da funcionária, assim como sua escolha em utilizar o banheiro que melhor refletisse sua identidade de gênero", diz nota da empresa.

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
AVISO IMPORTANTE!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: josenidelima@gmail.com FAVOR INFORMAR O LINK