PROCURANDO POR ALGO?

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Dilma veta medida provisória que aliviaria clubes no refinanciamento de dívidas

FUTEBOL

Presidente não aprovou artigo sem que as equipes tenham medidas de responsabilidade financeira e de gestão

A presidente da República, Dilma Rousseff, vetou o artigo 141 da Medida Provisória 656, que dava a possibilidade aos clubes de futebol parcelarem suas dívidas com o governo federal em 240 vezes, com descontos de 70% em multas e 50% em juros, porém, sem ter de cumprir nenhum medida de responsabilidade financeira e de gestão.

Polêmica, a decisão da presidente teve o apoio do movimento Bom Senso, que busca melhorias no futebol brasileiro. Flamengo, Coritiba, Internacional e Vitória também apoiaram o veto de Dilma.
Para Dilma, clubes precisam cumprir medidas de responsabilidade financeiras (Foto: Arquivo/Correio)
"Falei há algumas horas com representantes da Casa Civil, e eles confirmaram que a presidente vetou a Medida Provisória. Estamos satisfeitos porque poderemos voltar a negociar as contrapartidas em relação à aprovação da Lei de Responsabilidade Fiscal dos clubes", afirmou Ricardo Borges, diretor executivo do Bom Senso FC, ao ESPN.com.br.

"Sabemos o quanto essa lei é importante para os clubes, não somos contra ela, mas sabemos o quanto que devemos avançar no estabelecimento das contrapartidas, e é isso que vamos fazer agora para tentar fazer tudo o mais rápido possível", afirmou ele.

No fim do ano passado, Câmara e Senado aprovaram a MP 656, que trata de isenção de imposto a importação de aerogeradores, equipamento usado na agropecuária. O parcelamento das dívidas dos clubes foi incluído em emenda do deputado Jovair Arantes (PTB-GO), mas sem as discussões previstas na Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte.

FONTE: CORREIO

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
AVISO IMPORTANTE!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: josenidelima@gmail.com FAVOR INFORMAR O LINK